Últimos assuntos
» Roleta da Sorte -Treino de Zanik e Aaren
Sab Jan 06, 2018 7:33 pm por Aaren Young

» Cemitério - Oficial
Qua Jan 03, 2018 3:12 pm por Jake Dalton

» OWM- The Sea of Time [Ace Kurama]
Ter Jan 02, 2018 8:07 pm por Hipnos

»  ✮ Lago ✮
Sab Dez 30, 2017 5:19 pm por Eun HaeRen

» Enfermaria da Vila Carleton
Qui Dez 28, 2017 3:02 pm por Hipnos

» White Belladona - Tenda do Albafica
Qui Dez 28, 2017 2:58 pm por Hipnos

» Poderes e Habilidades Contratuais
Qui Dez 21, 2017 11:29 pm por Panteão

» Chalé 8: Ártemis
Seg Dez 18, 2017 10:54 pm por Melissa Thorne

» MNM - Flores noturnas - Chandra, Alexander e Theod
Seg Dez 18, 2017 4:29 am por Theod Tigernach

Irmãos
3 de 5
Créditos
» Skin obtenido de Captain Knows Best creado por Neeve, gracias a los aportes y tutoriales de Hardrock, Glintz y Asistencia Foroactivo.
» Demais Créditos ao fórum e a Mayu Amakura da Lotus Graphics.
Elite
7 de 9
Parceiros
27 de 33

MVP - As crônicas de Ericka

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Phobos em Dom Out 29, 2017 12:06 am


O Menino da Porteira
Medo. Guerra, Sangue.



Durante a vida das pessoas elas decidem diversas coisas que constantemente mudam seu fluxo vital, umas escolhem ter mais poder, enquanto outras preferem a paz e o sossego de seu lar. O mesmo acontece com os meio-sangue, adolescente e até mesmo crianças que antes eram cheias de sonhos e, agora, dividem um mundo completamente diferente do seu anterior. Alguns buscavam fortalecer-se perante aos outros, esses almejavam o topo, destemidos e cheios de coragem, outros apenas se conformaram com a sua nova vida e decidiram “empurrar com a barriga” seus novos dias.

Ericka lutava para se destacar entre os mais luminosos do acampamento, eles dividiam o mesmo espaço, buscavam as mesmas coisas e sempre faziam parte do mesmo grupo em alguma missão importante. Entretanto, ela buscava algo muito mais além, queria seu próprio espaço, ser reconhecida por seus próprios méritos e lutar com suas próprias forças, queria ser livre! Como a deusa Afrodite era descrita em seus contos.

Foi então que a garota decidiu trilhar seu rumo até as fronteiras do acampamento, ela se aventuraria em busca do novo, estava cansada de tanta mesmice e estagnação.

Era noite, o clima estava frio e úmido tendo como temperatura média cerca de 8ºC, a lua crescente exibia seu semblante luminoso que brilha tanto quanto o próprio sol, estava linda. Enquanto caminhava, percebeu que seus olhos tornaram-se pesados e aos poucos iam se fechando como um passe de mágica. A garota estava em transe e andou horas perdida durante a noite.

Após semicerrar seus olhos, pôde fitar no horizonte o semblante de uma mulher, grande, branca e com lindos cabelos negros a mesma segurava uma espécie de balança em uma das mãos e esperava pacientemente a aproximação da semideusa que agora estava livre do feitiço que a fez andar deliberadamente.

– Olá, Ericka! Você parece forte, e bastante determinada, gostaria de lhe propor testes e se você passar, poderá prosseguir até o próximo.  – Disse a Moça enquanto sorria delicadamente.

Quando a mulher de cabelos negros liberou a passagem, a filha de Tique pudera ver, em sua frente, a existência de uma ponte completamente feita de madeira velha e apodrecida, no centro da mesma havia dois baús e ao final da ponte outra pessoa.

Regras:

OBS:

Bem, vamos lá... Você poderá tomar UMA das três escolhas e incluir em sua postagem.

VOCÊ DEVERÁ LEVAR APENAS UMA ARMA.

1º - Atacar a Mulher por achar que a mesma é perigosa ou suspeita.
2º - Atravessar a ponte e examinar os baús.
3º - Passar completamente a ponte e encontrar a próxima pessoa.

Lembrando que cada decisão segue uma dificuldade, e todas elas podem levar a morte se não escolhidas sabiamente. Boa sorte!

avatar
Mensagens : 7
Ver perfil do usuário
PhobosDeuses Menores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Ericka Crowder em Ter Out 31, 2017 11:02 am


Jogos Mortais
De todas as coisas mais malucas que já se passaram por minha mente, ser uma semideusa não era uma delas, por mais provável que pareça. Uma infância conturbada, baseada em visitas a psicólogos e psiquiatras, tudo para manter a saúde mental de acordo com o padrão de normalidade. Falta de amigos, rotina sempre a mesma, sem contato com outras pessoas, assim foi minha vida — até agora. Mas, ao descobrir minha origem, quem realmente era minha mãe, eu soube que era muito mais especial do que aqueles humanos diziam.

Uma noite tediosa, sem nada para fazer, estava em meu chalé, praticando. Meu quarto mais parecia um jardim botânico do que realmente um quarto, visto que todos os dia novas plantas surgiam entre os móveis, até mesmo nas paredes e no teto. Pessoas alérgicas que entrassem ali, morreriam na hora. Mas eu não me incomodava com isso, o fato de tê-las ali me deixava mais próxima de Deméter, minha adorável mãe.

— Rosas são vermelhas... violetas são azuis... que tédio todo é esse, ele não me seduz. — A cada dia que passava, sem os remédios e tratamentos recomendados, era possível que aqueles ao meu redor notassem a drástica mudança de comportamento. Alguns de meus irmãos eram parecidos comigo, em termo de mudar o comportamento a cada dia, e isso me dava tranquilidade.

Entediada, resolvo dar uma volta, passear pela floresta e torcer para não ser quase morta por aquela ninfa novamente. Como estava frio, visto um casaco verde com calças jeans, e como nunca saio sem meus xodós, coloco também meus acessórios; dois anéis na mão esquerda e colar com a semente de Yggdrasil. Finalmente pronta, parto em direção à saída.

Enquanto caminhava, perdida em memórias passadas, aos poucos começo a sentir uma enorme sonolência, como se alguém tivesse me dado calmante para dormir. ''Isso não é legal'', pensei — caindo em transe. Provavelmente devo ter caminhado por horas, pois ao despertar, sinto uma leve dor nas pernas, causada por conta dos sintomas que Alex havia dito. Ao abrir lentamente os olhos, como se estivesse despertando de manhã, avisto ao longe uma presença misteriosa.

— Mãe? — pergunto, aproximando-me da mulher, que mais parecia um ser majestoso do que uma ninfa, o que era minha preocupação. Quando cheguei perto o suficiente para escutá-la, ela me ofereceu um desafio, testes. Não era o que eu planejava nesta noite, mas não tinha nada mais interessante para fazer no momento. — Ahn... Tá bom!

Quando escutou minha resposta, a mulher abriu passagem, revelando uma misteriosa ponte que provavelmente não estava ali antes. Nela, dois baús, e mais a frente, uma pessoa. Sem demora, aceno para o ser moreno, e vou em direção do primeiro baú, apenas para observar. Não chegaria muito próxima, nem mesmo tocaria, mas sempre de olho na outra pessoa, preparada para o que der e vier. Se nada demais acontecesse, localizaria uma tranca ou algo que impedisse que o primeiro baú fosse aberto, caso não houvesse nada, tentaria abri-lo cuidadosamente.

Itens:

➤ Amálgama: Uma arma dourada e especial que não possui uma forma específica, apenas a cor se mantém igual. Quando não está em uso, torna-se um anel que basta apertá-lo para transformá-lo em um arco com flechas infinitas. Conforme a usuária se fortalece e vence inimigos poderosos, a arma ganha mais opções de formato. Somente Ericka pode usá-la. [Formatos: Arco Lv1 - 25dano]

➤ Semente Milagrosa: Uma semente de Yggdrasil, presa num vidro de cristal, atada numa correntinha de ouro branco. O colar fornece a cria de Deméter maior poder no controle vegetal e dano aos ataques naturais baseados em planta, grama e madeira. dano dobrado e efeitos mais duradores.

Qualidades & Defeitos:

[QUALIDADES]
➤ Resistência Climática
➤ pupilo
➤ Empatia
➤ Pureza

[DEFEITOS]
➤ Instável
➤Filofobia (medo de se apaixonar)
➤ Asimimaníaco
➤ Avarento

avatar
Mensagens : 79
20
Emprego/lazer : Plantando árvores
Humor : D:D
Ver perfil do usuário
Ericka CrowderFilhos de Deméter

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Phobos em Ter Out 31, 2017 3:08 pm


O Menino da Porteira
Medo. Guerra, Sangue.



A morena então assentiu com um sorriso, mantendo o olhar firme na garota enquanto a mesma progredia até a ponte.
Ao encontrar os baús, a garota não conteve a sua ansiedade e por não ter quaisquer perigo aparente a mesma decidiu por abrir o primeiro. Quando tocou a fechadura, o baú de madeira com detalhes rústicos em bronze, abriu como se alguém tivesse recitado uma palavra mágica, revelando seu interior vazio. A surpresa tomou os olhos dela e em seguida o baú tomou todos os itens que a mesma carregava como se fossem dois polos de um imã sendo atraídos um pelo outro, após isso, o baú selou-se e desapareceu em neblina.

O segundo baú fora transportado magicamente. A garota se assustou quando se deparou com um sorriso estrondeante, decidiu atravessar a ponte, afinal, uma ponte velha de madeira não era local seguro para ninguém. Finalmente pôde fitar o semblante escondido nas sombras, era uma criatura musculosa, cerca de dois metros e meio e músculos tão fortes quanto uma rocha. Um lestrigão a esperava, enquanto fitava impacientemente a garota, socando seu punho direito em sua mão esquerda e rindo, como se a mesma fosse fazer parte de sua próxima refeição.

Regras:

OBS:

Lute contra o monstro. Você poderá utilizar suas magias sem custo de mana, durante duas postagens, entretanto, apenas duas ativas por post. Não esqueça que você está sem equipamentos para batalhar.

avatar
Mensagens : 7
Ver perfil do usuário
PhobosDeuses Menores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Ericka Crowder em Qua Nov 01, 2017 1:31 am


Jogos Mortais
Não que eu fosse curiosa, mas só de ter um baú ali me fazia questionar o que havia dentro dele. Assim que noto nada de perigoso, toco em sua fechadura, e um simples passe de mágica, ele se abre.

— Vazio — murmuro seriamente, arrumando os óculos. Em seguida, o baú, como uma espécie de aspirador de itens mágicos, puxou meus itens, deixando-me lisa. Como se já não fosse suficiente a presença oculta do ser a minha frente, agora estaria totalmente desarmada, mas não indefesa. O baú, por fim, desaparece, levando tudo que havia roubado. — Jamais o perdoarei, baú.

Depois de ser furtada, a única coisa a se fazer seria avançar. A cada passo que eu dava, a presença misteriosa deixava de ser tão misteriosa assim. Um ser musculoso, alto, totalmente bombado. Jamais tinha encarado algo tão monstruoso, isso seria um tanto quanto divertido. Ele me olhava como se eu fosse um banquete pronto para ser consumido.

— Em outros dias, eu até correria de você. Mas sabe, estou entrando na onda. — Assopro em sua direção, com a intenção de derrubá-lo com uma forte rajada de ar. Assim que ele estivesse caído, ergueria as mãos e moldaria a madeira da ponte na forma de uma gaiola oval, para prendê-lo ali. — Não sei quem você é, mas não o farei mal algum, criatura misteriosa. Mas também não deixarei que você me coma. — Por fim, faria brotar várias flores de lavanda entre os espaços da gaiola, para que o cheiro acalmasse o monstro.

Poderes e Habilidades:

➤ Xilocinese: Possui a habilidade de controlar o elemento madeira somente com comandos mentais. Podendo levitá-la e moldá-la como quiser. Dano de no máximo 100 pontos com gasto de 20MP.

➤ Aerocinese  Básica: Possui a habilidade de controlar o elemento da ar somente com comandos mentais. Podendo criar lufadas ou pequenos redemoinhos. Lembrando que não é possível criar navalhas de pressão ou tornados violentos. Dano de no máximo 50 pontos ou sopros para afastar outros personagens, com gasto de 20MP

➤ Botânica Avançada: O entendimento do filho de Deméter está tão além do comum, que agora entende os mecanismos de crescimento, fotossíntese e tudo o mais que uma planta é capaz de fazer. Nesse momento, toda a criação de plantas, flores e frutos, tem seu custo reduzido na hora de criar. Somado as outras técnicas botânicas, as plantas além de custo reduzido, tem seu conhecimento aprendido e dons naturais potencializados.

➤ Fitocinese: Possui a habilidade de controlar as plantas somente com comandos mentais. Podendo levitá-la e moldá-la como quiser. Lembrando que só é possível criar coisas do nada se houver conhecimento da mesma, logo essa habilidade é sempre usada em conjunto com "Botânica". O uso das plantas não são para ataque e sim para serem usadas como fonte de alimento ou para material para tenda.

Itens:

➤ Amálgama: Uma arma dourada e especial que não possui uma forma específica, apenas a cor se mantém igual. Quando não está em uso, torna-se um anel que basta apertá-lo para transformá-lo em um arco com flechas infinitas. Conforme a usuária se fortalece e vence inimigos poderosos, a arma ganha mais opções de formato. Somente Ericka pode usá-la. [Formatos: Arco Lv1 - 25dano]

➤ Semente Milagrosa: Uma semente de Yggdrasil, presa num vidro de cristal, atada numa correntinha de ouro branco. O colar fornece a cria de Deméter maior poder no controle vegetal e dano aos ataques naturais baseados em planta, grama e madeira. dano dobrado e efeitos mais duradores.

Qualidades & Defeitos:

[QUALIDADES]
➤ Resistência Climática
➤ pupilo
➤ Empatia
➤ Pureza

[DEFEITOS]
➤ Instável
➤Filofobia (medo de se apaixonar)
➤ Asimimaníaco
➤ Avarento

avatar
Mensagens : 79
20
Emprego/lazer : Plantando árvores
Humor : D:D
Ver perfil do usuário
Ericka CrowderFilhos de Deméter

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Phobos em Qua Nov 01, 2017 2:12 am


O Menino da Porteira
Medo. Guerra, Sangue.



Nêmesis assistia o espetáculo, ela queria saber, ansiosa, o quanto a garota estaria determinada em exterminar aquela criatura, julgando que a deusa havia pregado algumas peças em seu caminho.
Para melhorar ainda mais o clima de tensão, o monstro escolhido para o teste de justiça estaria furiosos e sedento por carne, além de possuir braços longos e musculosos, assim como seu corpo.
Para Finalizar, a Morena ainda analisou a falta dos itens de defesa, tais como armaduras, escudos, entre outros. Um soco diretamente daquela criatura e a filha de Deméter estaria em apuros.

O monstro estava fora da ponte e de frente a ela, estavam em um descampado circular, como uma arena, entretanto, apenas os dois estavam lá, cercados por neblina e árvores assustadoras.

Assim que o monstro sentiu a movimentação ofensiva da garota, iniciou uma ofensiva com toda a sua força, projetando seu enorme peso para frente e impulsionando seu corpo através de suas pernas, isso o fez cobrir uma enorme distância em pouco tempo e os ataques de dobra da garota não surtiram tantos efeitos assim.

O ar lançado por ela fez balançar as mechas sedosas do cabelo grisalho do monstro, além de refresca-lo por um curto período de tempo. Suas ramificações não o alcançaram, por conta da velocidade que o monstro alcançou após se projetar para frente.

Assim que deu de cara com a semideusa, esticou suas longas mãos com intuito de agarra-la, utilizando as duas mãos na altura da cintura da mesma para que ela não escapasse.

Lestrigão [450/450] / Ericka 200/200]

Regras:

avatar
Mensagens : 7
Ver perfil do usuário
PhobosDeuses Menores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Ericka Crowder em Qua Nov 01, 2017 2:45 am


Jogos Mortais
Pareceu mais um simples ventilador no rosto do monstro do que uma lufada de ar mágica. Ele sequer foi arrastado para longe, apenas dificultando ainda mais a minha vida. Nem mesmo as ramificações de madeira conseguiram alcançar o alvo, que foi super veloz na hora de desviar, posicionando-se a minha frente.

— É muito tarde para pedir educadamente que vossa senhoria parasse por um instante e pensasse o quão grande este mundo poder ser, e que as pessoas que vivem nele desperdiçam suas vidas com coisas banais, como tentar comer semideusas indefesas? — Um longo discurso, tudo na tentativa de deixá-lo distraído com palavras sem sentido e coisas aleatórias. Caso não funcionasse, no mesmo instante, usaria a mesma ramificação que tinha usado para prendê-lo, só que agora, para se enrolar em minha cintura e me puxar rapidamente para trás, fugindo da criatura.

— Hoje não! — Em seguida, conjuraria uma flora. Diversas árvores e plantas surgiriam no local, impedindo o movimento do ser, e quando ele tentasse se mover, espinhos e cipós se prenderiam em seu corpo, o impedindo. Quanto mais tentasse, mais ficaria preso, assim não me alcançando nunca. — Olha para mim, querido. Eu sou puro osso, se me comer, só vai ficar com mais fome. — Para dificultar ainda mais, evocaria centenas de esporos de algodão, que se grudariam no corpo dele e reduziriam sua velocidade.

''Isso tem que funcionar''.

Poderes e Habilidades:


Ativos
➤ Xilocinese: Possui a habilidade de controlar o elemento madeira somente com comandos mentais. Podendo levitá-la e moldá-la como quiser. Dano de no máximo 100 pontos com gasto de 20MP.

➤ Barreira da Primavera: A área atingida fica inteiramente florida, com árvores e demais componentes típicos da primavera. Essa estação dificulta passagens de qualquer criatura que ameace a prole de Deméter, com as plantas e flores com espinhos se enrolando no alvo, árvores e cipós bloqueando caminhos e por aí vai. Gasta-se 60MP. Criaturas de fogo ou com atributo nocivo à plantas, tipo veneno ou gelo, precisam do triplo de MP para surtir efeito.

Passivos
➤ Botânica Avançada: O entendimento do filho de Deméter está tão além do comum, que agora entende os mecanismos de crescimento, fotossíntese e tudo o mais que uma planta é capaz de fazer. Nesse momento, toda a criação de plantas, flores e frutos, tem seu custo reduzido na hora de criar. Somado as outras técnicas botânicas, as plantas além de custo reduzido, tem seu conhecimento aprendido e dons naturais potencializados.

Itens:

➤ Amálgama: Uma arma dourada e especial que não possui uma forma específica, apenas a cor se mantém igual. Quando não está em uso, torna-se um anel que basta apertá-lo para transformá-lo em um arco com flechas infinitas. Conforme a usuária se fortalece e vence inimigos poderosos, a arma ganha mais opções de formato. Somente Ericka pode usá-la. [Formatos: Arco Lv1 - 25dano]

➤ Semente Milagrosa: Uma semente de Yggdrasil, presa num vidro de cristal, atada numa correntinha de ouro branco. O colar fornece a cria de Deméter maior poder no controle vegetal e dano aos ataques naturais baseados em planta, grama e madeira. dano dobrado e efeitos mais duradores.

Qualidades & Defeitos:

[QUALIDADES]
➤ Resistência Climática
➤ pupilo
➤ Empatia
➤ Pureza

[DEFEITOS]
➤ Instável
➤Filofobia (medo de se apaixonar)
➤ Asimimaníaco
➤ Avarento

avatar
Mensagens : 79
20
Emprego/lazer : Plantando árvores
Humor : D:D
Ver perfil do usuário
Ericka CrowderFilhos de Deméter

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Phobos em Qua Nov 01, 2017 10:12 pm


O Menino da Porteira
Medo. Guerra, Sangue.



A garota era rápida e isso surpreendeu Nêmesis, seu pensamento instantâneo em utilizar suas ramificações para seu auxilio fora expendido, magnífico, fantastic!
A deusa então deu um sorriso, e continuou observando a batalha de longe.

O monstro então não conteve a sua frustração ao ver as suas mãos agarrarem o nada, fitando a semideusa enquanto a mesma se afastava. Pôde perceber seus pés largos sendo agarrados por algum tipo de ramificação, eram macias, e talvez por isso, o brutamonte não fizera quaisquer tipos de alarde quanto aquilo.

Porém, o Lestrigão era astuto, e aquela barreira de espinhos não o pararia tão fácil, exceto caso fosse feita por uma filha de Deméter extremamente estressada e louca, pobre criatura, fora capturado.


Lestrigão [450/450] / Ericka 200/200]

Regras:

avatar
Mensagens : 7
Ver perfil do usuário
PhobosDeuses Menores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Ericka Crowder em Qui Nov 02, 2017 1:45 am


Jogos Mortais
— Viu, querido? Você não me pegará assim tão fácil, não antes de me pagar um café. — Provocá-lo agora seria seguro, pois a criatura estava tão presa que nem sequer poderia coçar as orelhas. Minha intenção inicial, era a de não matá-lo, apenas ficar na defensiva. Porém, se eu continuar não o atacando, cedo ou tarde, ele irá conseguir o que deseja — minha carne.

Entre nós, várias arvores. Eis que então, decido usá-las. Moldo os galhos em formas de espetos, assim, todos atravessariam a criatura, cada parte de seu corpo, pernas, braços, pescoço, inclusive o tronco. Desta forma, quando o feitiço da fauna se esgotasse, ele estaria preso entre vários galhos, totalmente imobilizado entre as árvores.

— Poderíamos ter sido amigos, mas não... — Aproveitando a terra no local, conjuraria duas paredes, deixando o monstro no meio delas, em seguida, igual os pratos, instrumentos musicais, faria o mesmo, esmagando-o. — Mas não, você quer me comer. E nem é do jeito bom! — Por fim, se tudo tivesse funcionado, sendo que as chances eram altas, pois ele não poderia se mover, evocaria um redemoinho de ar na direção do monstro, na intenção de quebrar os galhos e jogá-lo para longe, de preferência.

Poderes e Habilidades:


Ativos
➤ Xilocinese: Possui a habilidade de controlar o elemento madeira somente com comandos mentais. Podendo levitá-la e moldá-la como quiser. Dano de no máximo 100 pontos com gasto de 20MP.

➤ Geocinese Básica: Possui a habilidade de controlar o elemento da terra somente com comandos mentais. Podendo levitá-la e moldá-la como quiser. Lembrando que há uma maior dificuldade no controle de pedra. Ainda não pode produzir tal elemento e só consegue dominar pequenas quantias de terra. Dano de no máximo 50 pontos com gasto de 20MP

➤ Aerocinese  Básica: Possui a habilidade de controlar o elemento da ar somente com comandos mentais. Podendo criar lufadas ou pequenos redemoinhos. Lembrando que não é possível criar navalhas de pressão ou tornados violentos. Dano de no máximo 50 pontos ou sopros para afastar outros personagens, com gasto de 20MP

Passivos
➤ Botânica Avançada: O entendimento do filho de Deméter está tão além do comum, que agora entende os mecanismos de crescimento, fotossíntese e tudo o mais que uma planta é capaz de fazer. Nesse momento, toda a criação de plantas, flores e frutos, tem seu custo reduzido na hora de criar. Somado as outras técnicas botânicas, as plantas além de custo reduzido, tem seu conhecimento aprendido e dons naturais potencializados.

Itens:

➤ Amálgama: Uma arma dourada e especial que não possui uma forma específica, apenas a cor se mantém igual. Quando não está em uso, torna-se um anel que basta apertá-lo para transformá-lo em um arco com flechas infinitas. Conforme a usuária se fortalece e vence inimigos poderosos, a arma ganha mais opções de formato. Somente Ericka pode usá-la. [Formatos: Arco Lv1 - 25dano]

➤ Semente Milagrosa: Uma semente de Yggdrasil, presa num vidro de cristal, atada numa correntinha de ouro branco. O colar fornece a cria de Deméter maior poder no controle vegetal e dano aos ataques naturais baseados em planta, grama e madeira. dano dobrado e efeitos mais duradores.

Qualidades & Defeitos:

[QUALIDADES]
➤ Resistência Climática
➤ pupilo
➤ Empatia
➤ Pureza

[DEFEITOS]
➤ Instável
➤Filofobia (medo de se apaixonar)
➤ Asimimaníaco
➤ Avarento

avatar
Mensagens : 79
20
Emprego/lazer : Plantando árvores
Humor : D:D
Ver perfil do usuário
Ericka CrowderFilhos de Deméter

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Phobos em Qui Nov 02, 2017 11:28 am


O Menino da Porteira
Medo. Guerra, Sangue.



Nêmesis então voltou a sorrir e decidiu alçar voo, batendo suas asas majestosas até próximo de onde eles estavam, entretanto, ela ainda não poderia ser vista com clareza, apenas seu semblante e com muito custo. A deusa decidiu dar uma nova chance ao brutamonte, visto que ele estaria cercado e imóvel até o fim de sua vida. Foi então que a mesma brandiu a sua espada flamejante e iniciou uma tormenta de chamas em direção a todos aqueles galhos e algodões doces.

O Lestrigão estava livre outra vez, e havia escapado de parte dos danos provocados pela semideusa, a maior parte de seus danos fora provocado pelos espetos das árvores ao redor, enquanto os outros ataques foram inutilizados com a ajuda da Mulher Alada (Nêmesis).

Muitas lendas urbanas e contos de guerreiros antigos diziam claramente: “Não irrite um gigante”. Possivelmente essa era a frase mais sábia de todos os tempos.  A partir de agora o monstro ignoraria tudo e apenas atacaria e a perseguiria como em um desenho em que o gato buscava o rato a todo momento. Ele tinha sede, estava faminto, e aquele saco com ossos tornou-se seu jantar favorito. Seus olhos tornaram-se avermelhados, em sua boca era possível ver a espuma provocada pela raiva e o sangue de seus ferimentos eram nada mais que decoração.

Avançou rapidamente até ela, rompendo o chão com seu enorme peso e força bruta, se existisse uma árvore em sua frente, ela seria derrubada, assim que chegou próximo a Ericka, juntou suas duas mãos e golpeou de cima para baixo, como se seus punhos fossem uma clava pronta a esmagar a garota. Em seguida, continuou golpeando por todas as direções, caso ela decidisse se movimentar, ele continuaria em busca da mesma.


Lestrigão [250/450] / Ericka 200/120]

Regras:

avatar
Mensagens : 7
Ver perfil do usuário
PhobosDeuses Menores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Ericka Crowder em Qui Nov 02, 2017 11:48 am


Jogos Mortais
A estratégia perfeita. O monstro estava preso, extremamente ferido, e quase morto. Tudo estava dando certo, até não estar mais. A mulher, cuja me revelou a ponte para o paraíso, lançou um ataque tão poderoso de chamas, que todos os construtos ali foram destruídos, liberando o monstro.

— Sério, moça? A senhora quer me ferrar? — comentei, dando alguns passos para trás, o que não foi o suficiente. Irritadíssima, a criatura entrou em uma espécie de estado berserker, e em um piscar, estava colada em mim, desferindo golpes que se me acertassem, estaria morta. Tento desviar o máximo que conseguir, colocando as mãos sobre o rosto para não tomar muito dano, o que não faria muita diferença, mas ajudaria. ''Já estou ficando cansada, em ambos os sentidos, isso termina agora'' disse mentalmente.

Conjurando uma espada de luz, prenderia o ser no chão, para que novamente, ele ficasse imóvel. No exato momento em que ele estivesse preso, usaria as mesmas ramificações que me salvaram para atravessar novamente o corpo dele, só que agora, várias e várias vezes, entrando e saindo, sem descanso, até não sobrar mais nada. Aumentaria também a grossura da madeira, de modo que ela ficasse mais pesada, só que causasse mais dano.

— Morre, Diabo!


Poderes e Habilidades:
Ativos
➤ Xilocinese: Possui a habilidade de controlar o elemento madeira somente com comandos mentais. Podendo levitá-la e moldá-la como quiser. Dano de no máximo 100 pontos com gasto de 20MP.

✮ Espadas da Luz: Feitiço que cria espadas que "enjaulam" oponentes, os fincando contra o solo, impedindo o movimento. Cada espada trava por completo o movimento por 1 turno. Cada espada custa 60MP.

Passivos
➤ Botânica Avançada: O entendimento do filho de Deméter está tão além do comum, que agora entende os mecanismos de crescimento, fotossíntese e tudo o mais que uma planta é capaz de fazer. Nesse momento, toda a criação de plantas, flores e frutos, tem seu custo reduzido na hora de criar. Somado as outras técnicas botânicas, as plantas além de custo reduzido, tem seu conhecimento aprendido e dons naturais potencializados.



Itens:

➤ Amálgama: Uma arma dourada e especial que não possui uma forma específica, apenas a cor se mantém igual. Quando não está em uso, torna-se um anel que basta apertá-lo para transformá-lo em um arco com flechas infinitas. Conforme a usuária se fortalece e vence inimigos poderosos, a arma ganha mais opções de formato. Somente Ericka pode usá-la. [Formatos: Arco Lv1 - 25dano]

➤ Semente Milagrosa: Uma semente de Yggdrasil, presa num vidro de cristal, atada numa correntinha de ouro branco. O colar fornece a cria de Deméter maior poder no controle vegetal e dano aos ataques naturais baseados em planta, grama e madeira. dano dobrado e efeitos mais duradores.

Qualidades & Defeitos:

[QUALIDADES]
➤ Resistência Climática
➤ pupilo
➤ Empatia
➤ Pureza

[DEFEITOS]
➤ Instável
➤Filofobia (medo de se apaixonar)
➤ Asimimaníaco
➤ Avarento

avatar
Mensagens : 79
20
Emprego/lazer : Plantando árvores
Humor : D:D
Ver perfil do usuário
Ericka CrowderFilhos de Deméter

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Phobos em Qui Nov 02, 2017 12:22 pm


O Menino da Porteira
Medo. Guerra, Sangue.



O monstro fora totalmente liquidado, derretendo toda a sua massa corporal em pó. A deusa planou até onde a semideusa estava, mantendo-se a poucos centímetros do solo, ela não queria voltar a se sujar, todavia, daria os parabéns para Ericka.

– Parabéns, Jovem, você foi formidável. – Disse enquanto desaparecia em chamas.

Prontamente os baús desaparecidos voltaram a moldar-se de frente a Ericka, madeira após madeira o baú fora construído, como magia, entretanto, não existia fechadura ou algo que o travasse. Dentro do primeiro, estava todas os itens que haviam sido roubados da semideusa, dentro do segundo, uma pergaminho escrito em papel velho e amarrado com um laço dourado, tratava-se de um convite, feito pela própria deusa Ártemis que via em Ericka algo que buscava em suas caçadoras. Ainda no segundo baú, uma espada em chamas, presente de Nêmesis que se viu emocionada com a coragem exibida pela filha de Deméter.
.


Lestrigão [0/450] / Ericka 200/20]

Recompensas:


4 Níveis
11 Pontos em Livro & Magia

Título de Caçadora de Ártemis

➤Espada em Chamas: Uma espada bastante versátil e poderosa, seu lâmina é feita em chamas, não existe um fio e ela não precisa ser afiada, a chama tornasse mais concentrada de acordo com a vontade de seu usuário. Pode ser expandida em até 2m, transformando-se um chicote. Em seu ápice pode derreter outros metais facilmente. Torna-se uma das formas da Amálgama. [30 de Dano, Causa queimadura em seus oponentes +10 por turno.]

➤Maldição de Nêmesis: Por sentir insegurança em suas escolhas, e por ter deixado seu tempo ser esgotado perante a deusa, a mesma decidiu que lhe daria uma maldição. As chamas agora é seu pior inimigo fazendo com que ela agora cause o dobro de dano em você. Suas plantas também serão afetadas, incluindo a madeira utilizadas em suas dobras, sempre que em contato com o fogo tornarão-se cinzas.

avatar
Mensagens : 7
Ver perfil do usuário
PhobosDeuses Menores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Hipnos em Qui Nov 02, 2017 2:18 pm

ATUALIZADO
avatar
Mensagens : 729
Ver perfil do usuário
HipnosDeuses Menores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MVP - As crônicas de Ericka

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum