Últimos assuntos
» ♦ TREINO DE AGILIDADE ♦
Hoje à(s) 5:46 am por Aaren Young

» EVENTO - JOGOS OLÍMPICOS
Ontem à(s) 4:46 pm por Hipnos

» MNM - Conchas de Coleção - Alessandro Novak
Qui Ago 17, 2017 1:39 pm por Hipnos

» MVP - A Garoupa - Jesse Diniz
Qui Ago 17, 2017 1:30 pm por Hipnos

» MNM - Flores noturnas - Agnes Walker
Qui Ago 17, 2017 1:53 am por Agnes Walker

» ★ Flores de Fogo ~
Qui Ago 17, 2017 1:31 am por Ace Kurama

» MNM- Confusão das poções- Carter Murdock
Qui Ago 17, 2017 1:21 am por Carter Murdock

» ♦ Treino com Espadas e Floretes ♦
Qua Ago 16, 2017 5:24 am por River Knowles

» Estábulos do Acampamento - atualizado 16/09
Seg Ago 14, 2017 3:39 pm por Agnes Walker

Irmãos
3 de 5
Créditos
» Skin obtenido de Captain Knows Best creado por Neeve, gracias a los aportes y tutoriales de Hardrock, Glintz y Asistencia Foroactivo.
» Demais Créditos ao fórum e a Mayu Amakura da Lotus Graphics.
Elite
6 de 9
Parceiros
27 de 33

MOP — É Hora do Duelo! — Ramsés Akhenaten

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

MOP — É Hora do Duelo! — Ramsés Akhenaten

Mensagem por Érebo em Qui Ago 11, 2016 6:59 pm



É hora do duelo!



Sussurros de outras eras, daquilo que não mais deveria ser revelado, do que o tempo desejava apagar e sufocar a todo o custo. O Jogo das Trevas se revolvia nos milênios que se seguiram à seu aprisionamento, mas a pressão do selo que o prendia se tornava cada vez mais frágil, permitindo que resquícios de seu antigo poder vazasse e causasse caos e destruição.

O Sangue dos Reis se destilara com o passar dos milênios, e ficara tão frágil que poucos suportariam o fardo de novamente lutar contra as trevas, que desejavam engolir o mundo, mas uma criança ganhara nova ligação divina e agora se tornava a última esperança de salvar o mundo.

Os ancestrais de Ramsés tinham ainda um resquício de seu poder, mas tiveram de pedir ajuda para Hermes Trismegisto para que ele enviasse a encomenda misteriosa para o chalé de Kleopatra, contendo um quebra-cabeças complicado, uma relíquia antiga, o Enigma do Milênio.

Pontos Obrigatórios:
Abaixo há uma lista de coisas a se fazer em sua missão, todos os pontos abaixo são obrigatórios!

- Montar o Enigma do Milênio. (10XP)
- Entrar no labirinto onírico dentro da relíquia (5XP)
- Lutar contra três monstros do baralho de Yugi Motou, segue a lista: Baralho (2 nível).
- Descobrir sua ascendência faraônica (5XP)
- Encontrar com um dos ancestrais (5XP)
- Descobrir o que é o Jogo das Trevas (5XP)
- Ter uma conversa amistosa com o Mago Negro (20XP)
- Receber treinamento de um dos monstros do Tipo [Spellcaster] do baralho do Yugi (1 ponto de treinamento em magia)
- descrever pelo menos três  pensamentos de orgulho (15XP)
- Dizer em pensamento qual e como era cada um dos monstros. (50XP)
- Sofrer um ataque mágico (50XP e -70HP )
- Sofrer o efeito de alguma carta armadilha do baralho do Yugi (50 D$)
-  Ser possuído por um dos monstros do tipo [Warrior] do baralho do Yugi (1 ponto de treinamento no tipo de arma que o personagem da carta usa.)
- ortografia correta (20XP) - Avaliação do Narrador
- dinamismo do texto (20XP) - Avaliação do Narrador
- texto de até 50 linhas (20XP) ou texto de 100 linhas (50XP)  ou Texto de 200 linhas ou mais (100XP) - Avaliação do Narrador

Regras:
- Ao final eu contabilizarei seus ganhos e perdas e possivelmente lhe darei um item especial
-boa sorte
- Prazo: 15 dias (caso necessite de mais tempo, é só pedir)

thanks juuub's @ cp!  
avatar
Mensagens : 240
Ver perfil do usuário
ÉreboDeuses Primordiais

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOP — É Hora do Duelo! — Ramsés Akhenaten

Mensagem por Ramsés Akhenaten em Sab Ago 13, 2016 4:29 am


Missão
Egypt





Os treinos no acampamento praticamente nunca me deixavam cansados, o sol que atrapalhava os outros campistas não fazia o mesmo efeito em mim e com isso eu era muito mais dedicado aos treinos que fazia sozinho sem ninguém por perto, saia rapidamente da arena de treinamento e ia em direção ao seu chalé que estava vazio até o momento quando havia parado na frente da porta do mesmo vendo no chão um pacote.

Ao abrir o pacote pude ver que o mesmo continha algo de meus ancestrais e o mesmo era o Enigma do Milênio, uma relíquia antiga de seu passado. O mesmo havia vindo totalmente desmontado, algo que talvez não fosse tão difícil de se fazer que seria remonta-lo para que assim eu pudesse saber o que realmente estava acontecendo, não demorou muito e eu começo a montá-lo peça por peça, algo que demorou umas 2 horas no mínimo.

Quando toquei em seu olho tudo ficou escuro e ao balançar minha cabeça pude ver uma espécie de labirinto, não sabia ao certo o que fazer e nem mesmo sabia se haveria alguma volta para o acampamento e com isso eu não poderia ficar para ali e então comecei a andar pelo mesmo com minha espada em mãos, já que nunca desgrudava da mesma e nem mesmo do escudo.

Alguns metros andando não me levaram a nada, apenas me levaram até um lugar sem saída e nenhum um pouco legal, pois assim que me virei pude ver um paladino negro em minhas costas e em um susto equipei minha espada e meu escudo que estava despojado em minhas costas, sem perceber a reação do homem acabo por ser atingido no braço, porém nada alarmante.

Não tinha muito o que fazer ali preso entre o paladino e a parede, porém eu era um pouco mais rápido do que o mesmo pensava e assim que o paladino correu em minha direção logo me joguei para a parede ao meu lado e comecei a correr, mas logo fui parado por um guarda céltico e também por algo que se parecia um relógio com um mago que logo correram e minha direção.

Estava sem saída e então minha única opção era lutar contra os três que não deram trégua nem mesmo para que eu pudesse respirar e logo ambos conseguiram me acertar. -Mas que merda! – Falava para mim mesmo ao ver que o paladino havia se levantado e que vinha em minha direção, logo levantei meu escudo e em seguida tentei contra-atacar, mas ele era mais rápido e consegui se desviar.

Meus poderes de gelo ainda não estavam em um bom momento e com isso eu apenas poderia controlar o gelo e não criar, perdido em meus pensamentos logo fui atacado novamente em meu braço ao qual já sangrava muito e ao me lembrar da parede logo tive uma ideia, que seria atraí-los para o seu lugar e em seguida empunhar a espada para os três logo os matando de uma vez só e assim que todos vieram minha direção mais uma vez me utilizei da parede e logo que todos estavam na posição desejada dei um giro com a espada e os matei.

Quando me coloquei a nadar novamente vi ao longe pude ver algo se parecido com uma mulher, porém azulada e com suas orelhas pontudas e logo me lembre das histórias que meu pai contava sobre elfos dos célticos e logo que me aproximei da mesma empunhei minha espada mais uma vez ao ver que a mesma se virava para mim, porém a elfa dizia que queria me ensinar a usar meus poderes e logo uma parede com neve aprece em minha frente e em seguida a voz da mulher diz para que eu tentasse controlar o gelo que havia ali naquela parede, então estiquei minha mão e via que nada acontecia e logo a raiva se encheu em meus olhos. -Não dá não consigo! – Dizia para a elfa que logo pediu que eu tivesse calma e tentasse de novo, só que esta vez com mais concentração e assim que o fiz vi que o gelo aos poucos saia da parede, porém não duravam muito e se desmanchavam.

Meus olhos brilhavam e assim que fui agradecer a elfa a mesma já não estava mais ao meu lado e quando me voltei para a parede a mesma também não se encontrava ali, logo parei para pensar, primeiro achei algo de meus ancestrais e depois estou dentro de um labirinto, encontrei um paladino negro que era mais rápido que eu mesmo, depois encontrei um guerreiro céltico juntamente com um relógio mago e agora uma elfa que some, isso é ótimo nada poderia ficar mais estranho do que até agora.
Estava um pouco ciente do labirinto e desta vez talvez eu não me perdesse mais até que acabei esbarrando em um mago, só que com roupas pretas. Me lentava rapidamente e logo ao ver que o mesmo abria um sorriso e logo guardo minha espada e escudo. -Desculpe por esbarrar em você, eu só que sair daqui! – Dizia ao mago que logo balançava a cabeça afirmando suas ações. -Eu te entendo e bem seu ancestral queria a mesma coisa, sabe o faraó Tutankhamon! – Logo o olhei sem saber ao certo que dizer e logo que achei as palavras certas para falar fui interrompido. -Sei como é e bem ele morreu aqui e se quiser saber estamos no Jogo das Trevas e sei que está se perguntando o que é esse jogo! – Dizia ele ao ver que não estava entendo mesmo logo voltando a falar. -O jogo das trevas nada mais é que um duelo de monstros e bem se quiser sair daqui ele irá te ajudar! – Dizia apontando para um homem ali para que ao se aproximar nada mais era do que um guerreiro.

Minha jordana no labirinto estava a apenas começando e com um sorriso logo voltei a andar, mas desta vez com o guerreiro ao meu lado. A saída estava próxima e mesmo assim eu ainda demorava, mas estava orgulhoso por ter um grande guerreiro ao meu lado, também estar orgulhoso ao saber que Tutankhamon não morreu em vão, mas meu orgulho maior era por ter uma grande professora sobre meus poderes.

Cada passo que dava algo a mais em minha frente acontecia até que por algum acaso quando pisei meu pé por mais uma vez até que algo me fez parar e me forçar a pegar meu escudo em quanto me abaixava. -É uma carta armadilha! – Dizia o guerreiro logo olhando para a carta em meus pés. -Vou tentar te ajudar e não te machucar! – Dizia ele logo esticando sua espada no ar e em seguida cotando a carta, assim me libertando.

Ficava um pouco aliviado, mas nada era um mar de rosas e logo que comecei a me movimentar mais um monstro veio de encontro a mim e ao guerreiro, ela era na verdade uma maga que assim que me viu não perdeu tempo e me deu ataque de magia negra. Não queria machucá-la então apenas fiquei a olhando sem nem mesmo tentar me defender e acabei indo com tudo para trás, ao me levantar e olhar para a mesma pude ver o guerreiro indo em sua direção logo a matando e em seguida vindo em minha direção logo me ajudando e em seguida abro um sorriso logo continuando a andar.

A saída estava próxima e eu já estava feliz por finalmente conseguir sair, porém uma pessoa me chama mais minha atenção e o mesmo era o próprio Tutankhamon. Sua voz era muito bonita e suas palavras logo me fizeram sorrir, eu iria finalmente ser parte dele e ele de mim ou era apenas uma enganação, porém eu mesmo não me importava e ao ver que o mesmo esticava sua mão para mim para que pudéssemos nos juntar não hesitei e fiz o mesmo e assim que nossos dedos se encostaram algo em mim me fez parar e eu já não era mais o mesmo logo sorrindo com algum tipo de armadura e uma espada de luz, o guerreiro me fez abrir meus olhos ao ver uma carta de ilusão e então o mesmo não hesitou logo segurando sua espada no alto e em seguida o matando assim me fazendo sair, o clarão me fez fechar os olhos e assim que os abri me vi deitado no chão do chalé.

Objetivos:
- Montar o Enigma do Milênio. (10XP)
- Entrar no labirinto onírico dentro da relíquia (5XP)
- Lutar contra três monstros do baralho de Yugi Motou, segue a lista: Baralho (2 nível).
- Descobrir sua ascendência faraônica (5XP)
- Encontrar com um dos ancestrais (5XP)
- Descobrir o que é o Jogo das Trevas (5XP)
- Ter uma conversa amistosa com o Mago Negro (20XP)
- Receber treinamento de um dos monstros do Tipo [Spellcaster] do baralho do Yugi (1 ponto de treinamento em magia)
- descrever pelo menos três pensamentos de orgulho (15XP)
- Dizer em pensamento qual e como era cada um dos monstros. (50XP)
- Sofrer um ataque mágico (50XP e -70HP )
- Sofrer o efeito de alguma carta armadilha do baralho do Yugi (50 D$)
- Ser possuído por um dos monstros do tipo [Warrior] do baralho do Yugi (1 ponto de treinamento no tipo de arma que o personagem da carta usa.)

- ortografia correta (20XP) - Avaliação do Narrador
- dinamismo do texto (20XP) - Avaliação do Narrador
- texto de até 50 linhas (20XP) ou texto de 100 linhas (50XP) ou Texto de 200 linhas ou mais (100XP) - Avaliação do Narrador

Armas:
➤ Katana Albina:Uma Katana branca que se transforma em uma tatuagem de um floco de neve. Esta arma pode atacar de longe, criando cortes de gelo que atravessam o campo de batalha através do vácuo. Causa 15 pontos de dano à distância e 30 pontos de dano em combate direto.

➤ Escudo de Cristal: É feito puramente de cristal, e em lugares muito frios torna-se invisível e inquebrável em baixas temperaturas. 20 pontos de defesa e no frio 40.

Defeitos:
➤ Sombrio

Qualidades:
➤ Boas Maneiras

Poderes Passivos:
➤ Corpo Gelado

Poderes Ativos:
➤ Criocinese Básica


copyright 2014 - All Rights Reserved for Larissa
avatar
Mensagens : 11
Ver perfil do usuário
Ramsés AkhenatenFilhos de Kleopatra

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOP — É Hora do Duelo! — Ramsés Akhenaten

Mensagem por Érebo em Sab Ago 13, 2016 4:48 pm


AVALIAÇÃO

Aconselho a fazer uma revisão mais minuciosa e aproveitar melhor a narrativa, além de se atentar mais aos tempos verbais e as repetições de termo.

♦ 2 Lv
♦ 220 XP 
♦ 1 ponto em Magia
♦ 1 ponto em Espada
♦ 1 ponto em Espada (50D$)
♦ Enigma do Milênio — Permite a entrada no labirinto das trevas sempre que necessário e a comunicação com as cartas, por enquanto, apenas dentro do labirinto.

(-70 MP/HP)

avatar
Mensagens : 240
Ver perfil do usuário
ÉreboDeuses Primordiais

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOP — É Hora do Duelo! — Ramsés Akhenaten

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum