Últimos assuntos
» - Valentine's Day Party -
Hoje à(s) 2:18 am por Sammi Scarllat

» MNM- Uma Aventura no Fundo do Mar.
Ontem à(s) 7:40 pm por Alex Griggs MacTavish

» Enfermaria do Acampamento
Sex Jun 23, 2017 8:58 pm por Hipnos

» ♦ TREINO DE AGILIDADE ♦
Sex Jun 23, 2017 2:10 am por Heloise Vox Wittemore

»  ✮ Praia ✮
Qua Jun 21, 2017 5:24 pm por Ace Kurama

» Chalé 28: Horkos
Ter Jun 20, 2017 6:07 pm por Panteão

» Chalé 27: Aristaios
Ter Jun 20, 2017 6:02 pm por Panteão

» MvP - Brumas do Cemitério - Eanom O'Dainill
Seg Jun 19, 2017 6:00 pm por Hipnos

»  ♦ Treino com Punhos e Soqueira ♦
Seg Jun 19, 2017 4:11 pm por Nine Zaytsev

Irmãos
3 de 5
Créditos
» Skin obtenido de Captain Knows Best creado por Neeve, gracias a los aportes y tutoriales de Hardrock, Glintz y Asistencia Foroactivo.
» Demais Créditos ao fórum e a Mayu Amakura da Lotus Graphics.
Elite
6 de 9
Parceiros
27 de 33

MOP - O Lobsomem do Campus - Dylan Schützen

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

MOP - O Lobsomem do Campus - Dylan Schützen

Mensagem por Hipnos em Seg Jul 04, 2016 10:22 pm

O LOBISOMEM DO CAMPUS
Auuuuuuuuuuuuuuu...

Dylan estava caminhando tranquilamente pela floresta, até que algo se torna errado por completo. Ele escuta um latido alto e um grito estridente que ecoa pela mata. O garoto de Ares fica apreensivo e corre para achar o dono dos gritos, mas subitamente os gritos param, sobrando apenas rosnados e latidos selvagens de um animal. O que acontecera?

Haymon Derrier


objetivo:
Abaixo há uma lista de coisas a se fazer em sua missão, não é preciso fazer tudo, mas escolha pelo menos 10 itens que julgar interessante e apresente em sua missão da forma que achar mais interessante.

- diga o que houve com o campista(5XP)
- ache um item com ele/ela (10XP)
- encontre um pedaço de ouro (5XP)
- encontre um pedaço de madeira (5XP)
- encontre um cipó (5XP)
-funda os itens para criar um item novo com utilidade para a missão (ganha-se um item e perícia neste equipamento usado em missão)
- combater um monstro-animal de 3 estrelas (50XP)
- combater 3 lobos (3 pontos de treinamento na arma usada)
- salvar uma pessoa  (100 D$)
- reportar à alguém (5XP)
- se iludida por forças sexuais (15XP)
- ser dragado por alguma armadilha (20XP)
- encontrar pelo menos 3 ninfas, uma de cada tipo (30XP)
- descobrir o mistério do Lobisomem (100 D$)
- descrever um pensamento pessimista  (10XP)
- Não usar poderes ativos (2 ponto de treinamento em Magia)
- descrever a sensação de calor (5XP)
- perder 75% de HP/HP (10 pontos extras de HP por nível ganho nesta missão)
- comer algo que não deve e ter consequencias por isso (50XP)
- ortografia correta (20XP) - Avaliação do Narrador
- dinamismo do texto (20XP) - Avaliação do Narrador
- texto de até 50 linhas (20XP) - Avaliação do Narrador
- texto de 100 linhas (50XP) - Avaliação do Narrador
- Texto de 200 linhas ou mais (100XP) - Avaliação do Narrador

regras:
- como eu já disse, não precisa fazer tudo, escolha o que achar viável para sua história fazer sentido.
- Ao final eu contabilizarei seus ganhos e perdas e possivelmente lhe darei um item especial
-boa sorte
avatar
Mensagens : 450
Ver perfil do usuário
HipnosDeuses Menores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOP - O Lobsomem do Campus - Dylan Schützen

Mensagem por Dylan von Schönborn em Seg Out 10, 2016 10:58 pm

Son Of War
I see only the red

Dylan tinha combinado com seus amigos por volta de 23h no lago próximo ao acampamento, para que se reunissem para passar o tempo, era noite de lua cheia e tudo estava muito agradável... Todos haviam formado casais para ir e aos poucos foram chegando, o primeiro evidentemente foi Dylan e Heloise, pois foi ele quem chamou todos e tinha que estar lá quando chegassem. E pouco a pouco foram chegando, Achilles e Emma foram um dos primeiros a chegar, junto a Harry e Pandora que vinham calmamente atrás dos dois, pouco tempo se passou e eles começaram a se sentar em volta de uma fogueira improvisada que fizeram só para se aquecerem. E pra completar a roda de amigos, chegou o último casal: Fenris e Jake... Dylan sabia que eles gostavam um do outro então aproveitou pra unir os dois nessa noite que prometia muitas surpresas ainda...
Sem mais delongas, começaram as histórias e como não podia ser diferente, todas eram de terror, o que deixava as coisas ainda mais interessantes. Todos contaram suas histórias e parecia que tinham feito um complô para que Dylan e Heloise perdessem, eles se olharam e logo começou a barulhada do pessoal.
- TIRA! TIRA! TIRA! — gritavam todos que estavam ali — Anda logo, quanto mais roupa, menos interessante fica.
E assim fizeram, Heloise retirou sutilmente sua blusa e Dylan que não possuia um pingo de vergonha na cara, fez seu showzinho de strip tease e no final jogou sua camisa em cima de Heloise como se ela tivesse sido contemplada com a mesma.
- Pode ficar com ela, não vou precisar dela pra mais tarde. — falou Dylan com um tom pervertido na voz  — Não é mesmo?
E mais uma rodade se iniciou, porém Jake e Fenris pareciam não estar se importando muito com as histórias, já que a única coisas que eles faziam era trocar carícias e beijos a todo momento, o que fez Dylan pensar bem se foi uma ideia boa chamar eles... E como era de se esperar eles acabaram perdendo essa rodada por não terem pensado em nenhuma história, já que o máximo que pensaram foi no que fazer com a mão e a língua no momento seguinte. Com mais histórias sendo contadas a noite ficava mais engraçada até que uma certa dupla perdeu a rodada. Infelizmente os perdedores da rodada foram Caleb e Ethan, ao meio das gargalhadas eles se levantaram e foram cumprir com o combinado, Ethan tirou calmamente a camisa mostrando seu corpo definido, o que arrancou alguns gritinhos das garotas no local e bom... Algo de surpreendente tomou conta da roda, pois parecia que Caleb gostou de ter perdido e o mais chocante foi a sensação de que ele estava pronto para a consequência... Assim que levantou ele apoiou suas mãos sobre a calça onde parecia ser seu joelho e em um único movimento, jogou sua calça para o alto revelando sua incrível cueca com trombina de elefante.
- Gostaram? Vesti especialmente pra vocês. — disse Caleb ironicamente.
E o silêncio que tinha se formado foi rompido com uma risada coletiva de todos, o que provavelmente seria o ápice da noite, porém como nada dá certo pros campistas, um treinador pôde ouvir todo esse barulho vindo do lago a essa hora da noite, o que era um pouco estranho e ao se aproximar ficou surpreso por como estavam os campistas e furiosamente gritou:
-MAS QUE PORRA VOCÊS ESTÃO FAZENDO? — e não havia um campista que não reconhecesse essa voz... Treinador  Lacaile, não tinha como errar a voz desse sátiro  — TODOS VOCÊS VENHAM AQUI!
E foi feito exatamente  ao contrário do dito pelo Treinador, cada um correu em uma direção, tentando se livrar do mesmo, Dylan correu em direção a Floresta, numa velocidade tão insana que parecia que seu coração iria explodir a qualquer momento, e foi ai que Dylan olhou para trás e notou que não tinha ninguém em seu encalço, podendo finalmente se apoiar em uma árvore para respirar um pouco.
-Eu só queria me divertir um pouco e me aparece esse sátiro idiota... — Dylan deu uma olhada para trás para ter certeza que o Treinador não estava ali — segunda vez que ele estraga meus planos...
Dylan após passar algum tempo sentado levantou e notou que não sabia em que parte da floresta estava, ele nunca tinha ido tão afundo assim e possivelmente demoraria para encontrar a saída, então ele começou a andar pelo caminho de onde veio, até que um grito de socorro quase imperceptível pode ser ouvido e Dylan pensou que talvez fosse só sua imaginação.
-Ah, não dev... — e seu pensamento foi interrompido por mais gritos de socorro vindo ao noroeste de onde ele estava — Puta merda, então era verdade...
Com o fôlego já recuperado a prole de Ares tornou a correr na direção da voz e escutava cada vez mais gritos por socorro — POR FAVOR! ALGUEM ME AJUDE ! SOCOOOOOOOOOOOORROOOOOO! — até que os gritos pararam e ele ouviu um barulho muito forte logo a sua frente. Quando Dylan chegou no local, logo notou que era um campista, ele estava muito machucado, com a cabeça sangrando e vários arranhões no corpo, incluindo sua camisa totalmente rasgada pelo que parecia ser garras e repentinamente um uivo estridente  ecoou pelo seu ouvido, arrepiando até seus pelos mais ocultos. E lá estava a criatura, seus olhos vermelhos eram ressaltados pelas fretas de luz da lua que saltavam entre as árvores, o corpo completamente coberto por pelos e o que mais surpreendeu Dylan, estava em duas patas, assemelhando-se a um homem, porém suas presas e seu focinho alongado, tiraram rapidamente essa ideia da mente de Dylan... Ele olhou para as garras do ser e notou que gotejava de sua unha um líquido avermelhado, claramente era o sangue do campista ferido.

A besta avançou ferozmente em direção aos dois campistas, Dylan que mesmo não entendendo completamente a situação apenas botou a mão em seu bolso puxando a moeda que ganhou de seu pai — a Moeda Espartana — e lançou ao alto, assim a mesma se transformou em uma lança forjada em bronze celestial, que caia perfeitamente nas mãos da prole de Ares. Ele segurou a lança com as duas mão na frente de seu corpo e projetou contra as garras do feroz ser que foi impedido de atacar o campista que estava ferido, porém a força exercida pelo ser era extremamente superior, pois Dylan havia pisado em um pedaço de madeira que não deixou o mesmo ter uma base firme para resistir ao golpe e a fera segurando o cabo da lança arremessou Dylan em direção a mesma árvore que o campista estava.

Com um farfalhar de folhas a criatura parecia notar alguma coisa em outra direção que não a dos dois campistas e seguindo seus instintos ele seguiu em direção a alguma coisa e Dylan que com um pouco de dificuldade ao se levantar apoiando-se em sua lança, não pode pensar em outra coisa se não em seus amigos... Se algum deles correu em alguma direção próxima a dele, eles estariam em perigos também... Na pior das hipóteses alguém poderia acabar sendo morto por essa criatura e foi ai que Dylan começou a ligar os pontos.  

— Uma criatura bípede, com pelos sobre todo o corpo, orelhas pontudas, garras e dentes completamente afiados e uivando? Só pode ser um Lobisomem — Dylan não conseguia acreditar como até isso se tornara real... Pra ele só passava de uma lenda, assim como todas as coisas antes de adentrar o acampamento e foi aí que se tocou que nada era como costumava ser.

Dylan se aproximou do Campista ferido, que ia recobrando a consciência e assim que despertou pro completo surtou repentinamente gritando desesperadamente por socorro  e Dylan teve que tapar sua boca com uma das mãos e acalmá-lo.

— Calma, ele aparentemente se afastou, porém pode estar por perto. — Dylan tentava passar tranquilidade nas palavras, mas precisava ser sincero com o campista, ambos estavam em perigo — Precisamos ir pro acampamento, sua situação é mais importante que procurarmos pela besta... Você consegue levantar?

— Acho que sim — e quando o campista tentou se levantar sentiu uma dor terrível em seu tornozelo esquerdo, desabando de forma espalhafatosa no chão, lembrando um daqueles jogadores de futebol quando sofre uma falta — M-Meu tornozelo esquerdo... Dói... Muito... Não vou conseguir andar desse jeito.  

Dylan olhou o tornozelo e não parecia ter sido golpeado pelo suposto lobisomem, então Dylan concluiu que ele havia se machucado com o impacto que antes dele chegar. A prole de Ares não tinha muitos conhecimentos em primeiros socorros, mas arrancando um pedaço da camisa do campista fez uma espécie de faixa e amarrou na cabeça do mesmo, para que parte do sangue que escorria de sua testa parasse e logo se levantou procurando alguma coisa em volta que poderia ser usada para o campista se apoiar. Olhando um pouco mais pra esquerda ele encontrou alguns pedaços de madeira, que pareciam mais com galhos que haviam caído da árvore e ele pegou dois deles: o menor ele partiu em duas metades, colocando uma em cada lado do tornozelo do campista e pediu para que ele segurasse naquela posição enquanto procurava algo para amarrar, pois já havia destruído parte da camisa do campista e não podia deixar mais exposta aquelas feridas no peito.
Olhando pelas  árvores ele percebe que algumas possuem algum tipo de corda descendo por elas e recolhe algumas e nota que são cipós, com 3 pedaços ele entrelaça-os formando uma única corda de cipós bem firme e usa para amarrar a "tala" improvisada no tornozelo do mesmo. Pensando um pouco a respeito da criatura, Dylan concluiu que seria bom se o campista tivesse algo para se proteger e perguntou se ele possui-a algum tipo de arma com ele e o mesmo acenou negativamente com a cabeça.

— Só tenho esses pedaços de materiais da forja em que trabalho — falou todo orgulhoso, como se aquilo fosse um título herdado por poucos e enfiando a mão no bolso ele encontrou uma ponta de lança feita de ouro — Isso aqui ajuda em algo?  

Dylan então pegou a madeira mais alongada que havia ali e tentou unir com a ponta de lança utilizando o cipó para prender os dois, porém não obteve sucesso, até o campista pegar as coisas e unir ele mesmo, que por sinal concluiu com extrema facilidade...

- Meu pai ficaria horrorizado se visse suas habilidade em criar uma arma ... — aquilo deixava bem claro que o campista era filho de Hefesto — Bom, aqui está... A melhor lança improvisada que eu já fiz.

Dylan ficou bastante surpreso com a habilidade do filho de Hefesto e após o mesmo terminar de fazer a lança improvisada, ajudou-o a levantar e apoiou-o em seu ombro para que eles fossem pra fora da floresta em busca de socorros para o campista. Andando a passos vagarosos ambos foram andando pela floresta e parecia que nunca achariam a saída, até que por sorte do destino, Achilles saltou de uma das árvores causando quase um ataque cardíaco nos campistas

- Hey Dylan, o que vocês est- — foi ai que Achilles notou o campista todo machucado —O que houve com ele? Está tudo bem?

Dylan explicou a situação e deixou o campista aos cuidados de Achilles, pois ele precisava de cuidados imediatos e também não podia deixar que outros campistas se machucassem, então pediu que Achilles avisasse aos treinadores e aos outros campistas que não entrassem na floresta, pois algo de muito estranho estava acontecendo, e assim que terminara de explicar, partiu adentro da floresta novamente, carregando consigo sua lança e a lança feita pelo filho de Hefesto. Correndo pela direção que eles vieram, Dylan tenta encontrar pistas de onde o Lobisomem estava, então procurava rastros, pegadas ou qualquer coisa que ajuda-se a encontrá-lo. Observando atentamente as árvores ele conseguiu identificar algumas marcas de garra, e como eram maiores do que um simples animal poderia fazer, logo ele deduziu que seriam do Lobisomem e começou a seguir essa trilha até ouvir novamente aquele uivo estridente que fez todo seu corpo arrepiar, porém era mais que um, agora uivos menores podiam ser ouvidos e logo as folhas começaram a farfalhar, pequenos passos ágeis podiam ser ouvidos de diferentes regiões, Dylan ficara apreensivo pois achava que havia mais que um lobisomem, mas por sua sorte, ou não, era um pequeno grupo de lobo, com três machos e pelo que parecia o do meio era o líder deles, pois todas aquelas cicatrizes em sua face, mostrava que ele já havia passado por vários desafios...
Dylan sabia que não conseguiria lutar com duas lanças em punho ao mesmo tempo, bom, não ainda... Então ele lançou sua lança ao alto e a mesma se transformou em uma Espada de Bronze Celestial,o que era perfeito pra situação... Ele como a prole de Ares, não podia perder para os lobos, mesmo tendo conhecimento que esses animais nascem lutando e morrem lutando. Logo o lobo que estava a sua esquerda saltou em sua direção, porém Dylan teve bons reflexos para mover a espada pegando de raspão contra o dorso do lobo, mas os outros não deram mole, o da direita saltou em direção a perna de Dylan aplicando uma mordida em sua panturrilha, o que o fez abrir um corte razoavel e o lobo do meio saltou em sua direção acertando com sua cabeça contra o peito de Dylan o arremessando na árvore que estava a alguns metros atrás dele.
-Caralho... Que porra de lobos são esse mano.... — Dylan começava a ficar enfurecido, pois ele estava apanhando pra lobos, três lobos fudidos que achou na floresta enquanto procurava o "lobo pai"... Isso o deixava tão puto que não conseguia controlar mais sua raiva — Eu vou arrebentar o crânio dessas porra...

A prole de Ares já emanava uma aura totalmente agressiva que ao se levantar ignorando a dor, fez com que os lobos dessem um passo para trás, mas não recuando e sim mantendo uma posição segura. E logo correu em direção aos lobos apoiando a lança sobre seu corpo, ele olhou o lobo da esquerda e logo se moveu em direção contrária, atacando primeiramente o lobo que o havia ferido, com um rápido movimento de espada ele decepou a pata do animal e com outro movimento subindo a espada arrancou a cabeça do animal que rolou perto de seu pé e a chutou em direção ao lobo da esquerda apontando a espada para o mesmo, o que sinalizava que ele era o próximo, e assim foi feito... Dylan correu na direção do mesmo tacando sua lança no crânio que pela proximidade não teve chances de escapar. Dylan forçou a lança para sair do crânio no animal e brandiu a mesma para limpar o sangue que estava nela. Então só sobrou o líder daqueles lobos, aparentemente ele não sabia o que era recuar, e sua expressão estava igual a de Dylan, totalmente tomada por fúria.
- Agora somos só eu e você... Um contra um.   — Dylan largou a espada no chão e a chutou para o lado, segurando em mãos somente a lança improvisada, pois ele tinha certeza que isso seria o suficiente para o lobo.

O lobo completamente irado partiu em direção de Dylan, que tentou aplicar uma estocada, mas esse lobo era diferente, ele havia desviado e pulado sobre Dylan o derrubando, porém a prole de Ares conseguiu colocar o pedaço de madeira entre seu rosto e os afiadíssimos dentes do lobo, pois essa era a única coisa que separava sua cara de ficar toda desfigurada...
Dylan girou o corpo até que conseguiu ficar sobre o lobo e com o joelho golpeava continuamente a barriga do animal, até que por um golpe final, cravou a lança em sua cabeça, dando um fim aquele combate quase que unilateral...
- Você foi um bom líder para seu bando...E bom, pra te homenagear vou usar sua pele em algum casaco bem legal — dizia Dylan com desdem do animal já falecido.

Ele não podia perder tempo, logo se levantou e pegou sua espada e a transformou em moeda colocando-a no bolso e partiu em busca do lobisomem novamente com sua lança em punho. Como os animais vieram a noroeste de onde ele estava, ele seguiu por aquela direção pois talvez eles estivessem próximos ao lobisomem, e foi assim que Dylan continuou correndo em busca do lobisomem, ignorando completamente o ferimento em sua panturrilha que parecia sangrar cada vez mais que ele corria.
Já havia passado bastante tempo até ele ouvir alguns murmúrios vindos pouco adiante e ao se aproximar ele notou que ele tinha acabado parar próximo ao lago e para sua surpresa lá estava o Lobisomem, só que ele estava duelando com outra criatura, que parecia ser um Minotauro.
Dylan não entendia mais porra nenhuma do que estava acontecendo, e muito menos do porquê de ter a porra de um Minotauro lutando contra o Lobisomem,mas ele não pode deixar de notar que o Lobisomem ia enfraquecendo cada vez mais, até lembrar sobre a lenda, que com o pôr do sol, o lobisomem iria voltar a forma humana. E não houve outra coisa se não essa, o sol se pôs, e o lobisomem foi diminuindo de tamanho até assumir a forma de um campista que não aparentava ter mais que 12 anos e o Minotauro que lutava com uma lança incrivelmente brilhante olhou para o lobisomem que agora era um campista qualquer e indefeso e sem pensar duas vezes tentou cravar sua lança no mesmo, mas por sorte do campista, Dylan agiu rapidamente e saltou sobre o corpo do garoto rolando com ele para o lado, mas Dylan acabou sendo pego de raspão abrindo um corte em suas costas.
O garoto parecia desacordado, então Dylan teria que proteger a eles dois, e com sua lança improvisada ele partiu em direção ao minotauro que com um único movimento de sua lança, partiu a arma improvisada de Dylan ao meio e o lançou longe com o cabo da lança.
- Nossa... Isso vai ser mais divertido que lutar contra o lobisomem — Dylan mal podia conter a emoção de estar enfrentando um adversário de tamanha força— Agora vamos nos equiparar em lanças...

Dylan jogou sua moeda para o alto e um pouco a frente, e ela se transformava em uma lança ainda no ar e a prole de Ares em extrema velocidade corria na direção do Minotauro pegando a lança enquanto caia e se aproximava do adversário com a lança próxima a seu peito para medir bem onde iria ser o próximo golpe. E assim começou o embate de lanças, ambos disputavam força e habilidade com a arma, porém Dylan vinha dando alguns passos para trás devida a força do Minotauro e Dylan ficava ainda mais animado com o combate.
As lanças brandiam freneticamente uma contra a outra e reluziam ao menor contato, fazendo faíscas brotarem do contato entre elas a cada golpe desferido por ambos. Golpes foram causados por ambos, alguns cortes de raspão em Dylan e outros no Minotauro, até que por descuido de Dylan ele é golpeado pela lança em sua perna esquerda, fazendo um profundo ferimento que dificultava a sua mobilidade.
O Minotauro parecia ter feito todos aqueles movimentos para uma única coisa, que após ter golpeado Dylan, ele largou a lança e apontando seu par de chifres para Dylan ele começou a correr na direção do mesmo numa tentativa de impala-lo com os chifres, porém a prole de Ares em um sábio movimento golpeou o chifre esquerdo enquanto rolava para desviar do golpe e o Minotauro continuou a corrida até bater em uma árvore onde seu único chifre restante fez ele ficar preso a árvore e como Dylan não podia deixar a oportunidade passar, saltou nas costas do Minotauro golpeando-o com brutalidade na região do pescoço para degolá-lo e não ter nenhum risco de que sobrevivesse e assim foi feito.
O corpo do Minotauro desabou no chão enquanto a cabeça ainda ficava presa na árvore, Dylan enfim pode desabar ao lado do corpo com extremo cansaço e alguns ferimentos pelo corpo e se lembrou que o campista-lobisomem estava ali ainda desacordado. A prole de Ares se aproximou do campista, mas ele não esboçava nenhuma reação de que iria acordar, até que dois pares de mãos correram o corpo de Dylan e ele abruptamente se levantou afastando-se de duas ninfas que pareciam ter observado tudo.
- Você não lembra de nós duas? — falaram as ninfas olhando o corpo de Dylan com um rosto de desejo.
- Hm... — Dylan parecia pensativo até que se tocou que eram as duas ninfas com quem havia se divertido durante a última passagem pelo lago — Ah, vocês são aquelas duas ninfas, eu adoraria continuar de onde paramos aquele dia mas não estou em condições...

Então uma ninfa surgia do lago chamando pelo nome de Dylan e ele pode reconhecer aquela voz no mesmo instante, era Amber, a ninfa que havia chamado por Achilles no mesmo dia.
- Você vai deixar passar essa oportunidade? Se divertir com três ninfas, sozinho? — dizia Amber, passando todos seus encantos sexuais até controlar praticamente todo o corpo de Dylan— Garotas tragam aquilo.

As ninfas pegaram uma espécie de fruta e colocaram em suas bocas e as levaram a boca de Dylan, que já mal conseguia evitar o desejo sexual... Aparentemente aquela era uma fruta que continha um afrodisíaco muito forte, então o desejo de Dylan aumentava cada vez mais, sendo incapaz de resistir aos desejos de seu corpo. Ele deu uma leve olhada para o campista desacordado e pensou — Ele parece bem, já já eu levo ele pra lá — indo de encontro a Amber, que de longe era a ninfa mais bela do local... Dylan se divertia com as ninfas e as horas passaram rapidamente, até que algum tempo depois chegava Lecaile e ao ver aquela cena, Dylan completamente nu com três ninfas ao seu redor, mal sabia o que dizer...
- MAS QUE CARALHOS É ESSE, DYLAN?  —berrava o Treinador Lecaile para Dylan, que fez as ninfas se assustarem e saíram avoadas dali!

Bom, o afrodisíaco não era a única característica da fruta, aparentemente ela causava alucinações também, pois quando Dylan olhou para Lecaile, ele viu a imagem de sua mãe e correu para abraça-lo, completamente nu e Lecaile não entendia porra nenhuma e acabou por golpear o garoto na cabeça para que o largasse e acabou usando força demais, pois fez o garoto cair no chão desacordado.
Então Lecaile colocou ambos os campistas nos ombros e claro, vestiu as calças em Dylan, pois não queria ver nunca mais aquela coisa dele tocar em seu corpo.
Algumas horas se passaram e Dylan acordou na Casa Grande e lá estava Lecaile olhando para ele, com uma mistura de sensações em sua face : dúvida, curiosidade, tudo estava estampado na cara de Lecaile e Dylan só disse uma única coisa...
- Oi
Lecaile quase se armou pra dar outro soco em Dylan mas se conteve e pediu para que o garoto contasse o que aconteceu ontem.
- Você quer nos maiores detalhes? — disse Dylan sorrindo de ponta  a ponta.




Qualidades / Defeitos:

[DEFEITOS]
➤ Irado
➤ Guarda Costas
➤ Instável
➤ Karma

[QUALIDADES]
➤ Intimidador
➤ Esgrimista
➤ Regrado
➤ Vitalidade

HP Dylan:

190 - 30 = 160 ( Dylan sendo lançado pelo lobisomem)
160 - 45 = 115 ( Dylan recebendo a mordida e a cabeçada dos lobos)
115 - 25 = 90 (Dylan recebendo um corte da lança do Minotauro ao salvar o jovem)
90 - 60 = 30 ( Todo dano que Dylan recebeu no combate com o Minotauro.
30 - 10 = 20 ( Soco final do Lecaile)
avatar
Mensagens : 50
Ver perfil do usuário
Dylan von SchönbornFilhos de Ares

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOP - O Lobsomem do Campus - Dylan Schützen

Mensagem por Hipnos em Ter Out 11, 2016 12:13 pm


AVALIAÇÃO

Achei sua missão um pouco engraçada, mas seu final ficou corrido na tentativa de encaixar outros pontos que eu propus.

♦ 370 XP
♦ 200 D$
♦ 2 ponto em Lança
♦ 2 ponto em Espada
♦ 2 ponto em Magia                   
♦ Lança Remendada: Um item rústico feito de madeira com a ponta de ouro atada em cipós. causa 17 pontos de dano.

avatar
Mensagens : 450
Ver perfil do usuário
HipnosDeuses Menores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MOP - O Lobsomem do Campus - Dylan Schützen

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum